Quem é tutor de cachorro e de gato deve saber que cada bichinho têm necessidades diferentes: de atenção, de saúde e também nutricionais. É preciso administrar bem a rotina dentro de casa para se certificar de que todos os cães e gatos estejam recebendo os cuidados que precisam, e isso inclui ficar de olho na alimentação deles.

É muito comum, no entanto, que os bichinhos dificultem esse trabalho: cães costumam gostar mais da ração de gato, ou seja, preferem um alimento que, por definição, não é próprio para eles. Viemos aqui hoje esclarecer: afinal, por que cachorros gostam de comer ração de gatos?

De forma simplificada, é porque as rações de gatinhos apresentam maior teor de proteínas e gorduras, o que por si só já as torna muito mais saborosas. Não podemos nos esquecer, entretanto, que as necessidades nutricionais de cães e gatos são muito diferentes e, por isso, cães não devem comer rações de gatos.

Para nos ajudar a explicar melhor essa diferença nutricional entre as rações de cães e gatos, a médica veterinária e especialista em nutrição animal de pequenos Lara Sánchez explica: “Os gatos são carnívoros estritos, ou seja, têm um organismo totalmente adaptado a uma dieta com baixo teor de carboidratos e maior teor de gordura e proteínas”. Logo, o sabor da ração de gatos sempre será mais atrativa para o paladar os cachorros. Curioso, não é mesmo?

Resumindo, são muitas as diferenças de alimentação para cães e gatos, já que cachorros são onívoros e suas rações possuem uma concentração bem menor de proteína do que as rações de gato.

No geral, as rações de cães costumam conter de 20 a 35% de proteína, enquanto as rações de gatos normalmente são compostas por mais de 30% de proteína. Isso varia de acordo com a marca, categoria e tipo de ração (ex. rações para filhotes possuem mais proteína do que rações para adultos). Normalmente, quanto melhor a qualidade da ração, maior é o teor de proteína.

Confira aqui nosso artigo completo e atualizado sobre as melhores marcas de ração para cachorro. Explicamos, com riqueza de detalhes, tudo o que você precisa saber sobre a alimentação do seu cãozinho, e os motivos para investir em uma ração de alta qualidade, livre de conservantes, corantes e aromatizantes artificiais.

Meu cachorro já comeu a ração do meu gato. E agora?

Se você pegou o seu cãozinho no flagra comendo a ração do seu gato, tenha calma! Imediatamente, isso pode não acarretar problemas à saúde do seu cãozinho. Essa questão é problemática a longo prazo, pois pode gerar alterações no quadro de saúde do seu animal (ex. colesterol alto, obesidade, etc.).

Então, se foi um comportamento pontual, fique de olho. É comum, mas não pode ser recorrente e deve ser observado, combinado?

Observe caso o seu cão demonstra reações alérgicas ou outros sintomas após comer ração para gatos. Se houver mal estar, vômitos ou tosse, procure urgentemente um médico veterinário para mais orientações e primeiros socorros.

Como fazer o meu cão querer comer sua própria ração?

Assim como nós humanos, seu cachorro também precisa de estímulos para comer mais e melhor. Um sabor diferente, novas texturas de comidas… Tudo isso pode ajudá-lo a aproveitar melhor sua própria ração, deixando a ração do seu gatinho de lado.

Experimente também variar a ração do seu cãozinho entre ração seca, ração úmida, petiscos e alimentos naturais, além de frutinhas, legumes e ossos crus. Você também pode estimular o seu bichinho com brinquedos para enriquecimento alimentar e ensiná-lo a aproveitar sua comidinha de diversas formas. Acompanhe também a @goapp.pet no Instagram e confira nossas dicas para ajudar o seu cachorrinho a se interessar mais por sua própria comida!


Por fim, lembre-se sempre que cuidar da alimentação do seu cãozinho é também cuidar da saúde, do bem-estar e da qualidade de vida do seu companheirinho. Muito importante e necessário!

Se você está na dúvida em qual ração oferecer para o seu cachorro, ou se quer entender mais sobre as diferenças entre as rações de cães e de gatos, que tal uma conversa com a nossa equipe de veterinários e comportamentalistas? É só entrar em contato com a GoApp.pet pelo WhatsApp que a gente te ajuda a esclarecer todas as suas dúvidas.

Sobre

Fernanda é jornalista e escreve sobre bichos e direitos animais desde 2018. É apaixonada por literatura, fotografia, adora ir à praia e não vive sem seus 3 gatos: Vagner, Olívia e Nina. Também é mãe da Lola, uma maltês de 8 aninhos, e da Quindim, uma bebê akita. Nas horas livres, assiste a vídeos engraçados de gatinhos.